Imagine Belieber: U Smile - Capítulo 10

Vi Selena olhar para mim e sorrir ironicamente. Eu simplesmente me virei e saí correndo. Percebi que Bella estava bem atrás de mim.
Depois que eu corri bastante, Bella me segurou pelo braço e me empurrou para a parede.
B: Calma! - ela gritou - Você precisa se acalmar!
Justin estava se aproximando de nós e eu tentei fugir, mas Bella me segurou. Justin a olhou, ela balançou a cabeça positivamente e saiu.
N: O que você quer?
J: Você sabe que não é nada disso que está pensando. Ela que me agarrou!
N: Atá. Até parece que você não tem mais força que ela, Justin. - eu revirei os olhos.
J: Ela colocou as mãos nos meus olhos e me abraçou. Eu pensei que era você.
N: Nossa, obrigada por me confundir com aquela garota.
J: Não é nada disso! Por favor, me perdoe. Eu percebi pelo beijo que não era você.
N: Tudo bem, eu acredito em você.
Ele sorriu, me abraçou e me beijou. Logo depois nós voltamos para onde Bella e Phillipe estavam.
Justin apertou a mãe de Phillipe e Bella veio em minha direção e me abraçou.
B: Você precisa ser mais paciente!
N: Eu sei. - eu ri.
Nós fomos comprar outro algodão doce para mim e ficamos lá por mais um tempinho.
Logo depois, Bella e Phillipe nos deixaram na casa do Justin.
Subimos para o quarto do Justin e eu me taquei na cama. Ainda estava cedo, mas eu estava morrendo de sono e acabei dormindo.
Eu estava sentada no balcão de uma cafeteria tomando um capuccino. Vi Dogue me observando do lado de fora com uma faca na mão. Eu tremi e comecei a suar frio. Até que de repente ouço o sininho da porta tocar, quando alguém a abre. Era o Ryan. Ele estava acompanhado de uma menina loira e muito bonita, os dois riam e trocavam olhares apaixonados. Eu fiquei assustada e o gritei pelo nome.

Eu acordei totalmente suada e tremendo. Olhei para o relógio e ainda eram 23hrs.
J: O que aconteceu? - ele falou assustado.
N: Eu tive um sonho estranho.
J: Isso eu já percebi. - ele riu - Sonhou com o que?
N: Com o Ryan.
Justin abaixou a cabeça e eu percebi que ele tinha ficado incomodado.
J: Você não consegue tirar ele da cabeça, não é? - eu levantei a cabeça dele calmamente e olhei em seus olhos.
N: Hey, não é nada disso. Foi só um sonho, eu ainda estou me recuperando. Eu te amo.
Rapidamente um sorriso enorme tomou conta de seu lindo rosto.
J: Eu te amo.
Ele me beijou e voltou a se deitar. Eu me levantei e fui tomar banho.
Eu estava totalmente distraída e levei um susto quando ouvi a porta do box se abrir e alguém beijar meu pescoço. Eu me virei e beijei o Justin. A mão boba dele escorregou lentamente das minhas costas e foi parar diretamente em minha bunda.
Eu me afastei.
N: Não, Justin. Eu não estou pronta. - ele tirou um fio de cabelo que estava em meu rosto e deu um sorriso de leve.
J: Tudo bem. - ele beijou minha testa e saiu do banheiro.
Eu acabei de tomar banho e abri a porta, ainda de toalha. Vi Justin deitado na cama de olhos fechados, obviamente estava dormindo.
Eu fui devagarinho até minha mochila e me troquei ali mesmo. Assim que me virei, vi que Justin estava me olhando.
N: Você viu alguma coisa? Que vergonha! - ele riu.
J: Ah, eu vi você se trocando e não quis te atrapalhar né. - ele deu um sorriso safado - E além do mais, eu te vi no banheiro, lembra?
N: É verdade. - eu sorri e me deitei ao seu lado - Me desculpe.
J: Desculpar? Por que?
N: Porque eu ainda não estou pronta.
J: Eu entendo, sei o motivo.
N: Qual é?
J: Nada, esquece isso. - ele beijou minha testa e ligou a TV.
Nós ficamos ali um tempo até que meu celular apitou.
Eu estendi meu braço até o criado mudo e o peguei. Li que tinha uma nova mensagem de voz e eu abri.
"Eu sei que estão vindo atrás de mim, então é melhor você dar um jeito nisso antes que eu mate você e sua mãe"
Eu deixei meu celular cair no chão e comecei a tremer. Fiquei com medo só de ouvir a voz daquele imundo.
J: O que foi? Quem era?
Eu simplesmente não conseguia responder.
Justin pegou meu celular e ouviu a gravação.
J: É o Dogue, não é? - eu balancei minha cabeça positivamente - Fique calma, eu não vou deixar ele encostar um dedo em você! - ele beijou minha testa.
Nós nos deitamos e ele fez carinho em minha cabeça até eu pegar no sono.
Acordei com Justin me cutucando.
N: O que foi?
J: Precisamos ir para a delegacia.
Eu me vesti rapidamente e seguimos para a delegacia.
Chagamos lá e fomos conversar com o mesmo policial que estava investigando o caso. Nós mostramos a gravação. Alguns minutos depois dele escutar, o rádio ele apitou.
P: Sim... Entendido... Mande-o para cá imediatamente... Ela se feriu?... Ótimo... Câmbio e desligo.
Justin e eu ficamos parados esperando que ele falasse alguma coisa.
P: Eles pegaram o suspeito. Já estão o encaminhando para a delegacia. Ele foi encontrado na sua residência rendendo uma vítima com uma faca em seu pescoço.
N: O que? Que vítima?
P: A namorada dele.
N: A minha mãe?! - eu comecei a ficar nervosa.
P: Ela está bem. Também está vindo para cá.
Eu me sentei em um banco com o Justin e ficamos aguardando alguma notícia. Um tempo depois, vi minha mãe correndo em minha direção e ela me abraçou.
M: Me perdoe! Eu fui uma idiota em não ter confiado em você! Ele quase me matou! Me perdoe, me perdoe.
Eu me afastei dela. Agora que ela acredita em mim?
N: Tudo bem Mariana, eu te perdoo, mas não esqueço. - eu falei friamente.
M: Espero que você me perdoe de coração um dia. Prometi que ia recomeçar e eu fiz essa besteira. Me desculpe. Eu estava cega de paixão por ele e acabei não confiando em você.
Logo em seguida o policial chegou e nos avisou que Dogue iria ficar preso temporariamente até o dia do julgamento, que é amanhã. Disse também que nós já poderíamos ir para casa.
Eu me despedi de Mariana e voltei para a casa do Justin.
Nós ficamos lá de bobeira e eu decidi ligar para a Bella, convidando ela e Phillipe para ir à praia conosco.
Um tempo depois, eles chegaram e fomos todos para a praia. Eu tirei minha roupa e percebi que o Justin não parava de me olhar.
J: Assim você me deixa louco! - ele sorriu.
N: Para seu bobo! E olha que esse biquíni nem é novo. - nós rimos.
Eu fiquei na água com a Bella e Phillipe e Justin foram para as pedras, eles iriam pular de lá.
Primeiro o Phillipe pulou. Logo depois, Justin pegou impulso e pulou também. Os dois vieram nadando até nós.
N: Ah, essa foi fácil! Eu também quero pular.
J: Não, Nathasha. - Justin tentou me segurar pelo braço, mas eu saí correndo na água e fui direto para as pedras.
Os três me observavam de dentro da água. Eu tomei coragem e pulei.
Me atirei na água e eu simplesmente não conseguia achar fôlego. Eu nadava e nadava mas não conseguia chegar até a superfície. Quando finalmente eu consegui, ouvi todos me gritando pelo nome e eu vi uma onda enorme vindo em minha direção. Simplesmente senti minha cabeça bater em alguma coisa e apaguei.
Eu abri os olhos e senti meus olhos queimarem, devido a luz do sol. Justin estava segurando minha cabeça e eu observei a praia toda em volta de mim, me olhando.
J: O que estava pensando em fazer? Você ficou doida? Quase que você morre!
N: Eu estou bem. - ele me ajudou a levantar - Só estou com uma forte dor de cabeça.
J: Tem certeza que não precisa de nada?
N: Só quero ir embora.
B: Sua doida! Você nos deu um susto! - ela me abraçou e eu sorri.
P: Você é maluca! - Phillipe fez um carinho em minha cabeça e sorriu.
Nós saímos dali e fomos para a calçada.
O sinal estava fechado e eu fiquei observando os carros que estavam ali parados.
O que??? Não pode ser!
Assim que eu parei para reparar melhor aquele rosto, o sinal abriu e o carro andou.
Não é possível, eu devo estar ficando maluca!
Eu fiquei nervosa e comecei a respirar rápido.
J: O que aconteceu?
N: Eu vi o Ryan! Justin, eu vi o Ryan!
J: Você está ficando maluca? Quando vai parar com essa obsessão por ele? Já chega, você não está bem.
N: Mas eu vi, Justin. Ele estava dentro de um carro preto, e quando eu fui olhar direito o sinal abriu. Eu tenho certeza que era ele!
J: É, você bateu a cabeça com muita força.


Continua após 8 comentários! O que estão achando da IB? Espero que estejam gostando *-*
Obrigada por todos os elogios, nós estamos adorando. Vocês são demais! *-*
Beijos, Raissa e Carina ♥

17 comentários: