Imagine Belieber: U Smile - Capítulo 50

Eu estava tão distraída olhando para as fotos, mas logo ouvi alguém bater na porta e minha mãe e Andrew entraram no quarto.
M: Estou indo trabalhar.
N: Ok, mãe.
A: E eu vou embora.
N: Pra onde você vai?
A: Vou ver um hotel aqui perto.
N: Ah...
Eles sorriram e saíram do meu quarto, eu voltei a ver as fotos mas logo guardei tudo e liguei a TV, não demorou muito para eu dormir.
Segunda-feira, acordei e olhei para o relógio que marcavam 10 horas em ponto, parecia que eu tinha dormido por uma semana, estava me sentindo estranha. Finalmente é a última semana de aula, férias, eu estava precisando disso. Já que não dava mais tempo de ir ao colégio, fui tomar um banho e tomei café da manhã. Eu queria tanto saber como o Justin está, queria tanto ir ao hospital visitá-lo, mas eu não ia fazer isso, não depois daquela nossa discussão idiota. Fiquei um tempo sentada no sofá pensando em muitas coisas, mas logo me levantei, peguei uma chave e saí de casa, eu precisava andar. Fui até o ponto e subi no ônibus, fiquei olhando pela janela e lembrei-me do dia em que vi o Justin lavando o carro em frente à sua casa, nem parecia que já faz tanto tempo, passou tão rápido. Depois de vários e vários minutos dentro do ônibus, eu desci em frente à praia e fiquei andando por lá, me deixava tão relaxada, tão bem. É impressionante como tudo me lembra dele, a praia, os carros, as bolas cuja as crianças brincavam, exatamente tudo me fazia lembrar dele. Parei de caminhar, me sentei na areia e fiquei observando o mar. Uma pequena menina se sentou ao meu lado sorriu para mim, a coisa mais linda, com duas tranças feitas no cabelo e ela era banguelinha, tão linda.
XxX: Qual é o seu nome?
N: Natasha e o seu?
XxX: Ana! - ela sorriu para mim - Por que está triste?
N: Porque minha vida não está muito boa.
A: Mas você precisa sorrir! Mamãe me ensinou que mesmo com muitas dificuldades, temos que sorrir. - eu sorri ao ver o sorrisinho lindo dela.
N: Quantos anos você tem?
A: Eu tenho 6, mas vou fazer 7 em duas semanas.
Tão novinha mas tão esperta, ela era tão linda e nem parecia ter 6 anos pelo seu jeito de falar.
N: Eu tenho 17.
A: Você tem namorado?
N: Eu tinha.
A: Vocês brigaram?
N: Sim.
A: Os garotos são uns bobos!
N: É, são mesmo. - eu ri.
A: Tenho que ir. Tchau, Natasha!
N: Tchau, linda.
Fiquei encantada com a doçura dela, tão fofa. Fiquei mais um tempinho ali sentada e logo eu peguei o ônibus e voltei para casa. Minha mãe estava preparando o almoço e eu sorri para ela.
M: Onde você estava? Pensei que estivesse dormindo. - ela falou assustada e eu ri.
N: Fui dar uma volta na praia.
M: O almoço está quase pronto.
O telefone começou a tocar e eu fui correndo atender.
N: Alô?
XxX: Oi, Natasha? Sou eu, Pattie.
N: Oi.
P: Liguei pra te dar uma boa notícia.
N: Ah, então conta logo! - falei entusiasmada. 
P: Estou aqui no hospital e o médico disse que o Justin poderá voltar para casa nesta Quinta!
N: Ah, que bom! - eu abri um sorriso enorme - Como ele está?
P: Está bem melhor, só um pouco triste.
N: Ele vai melhorar.
P: Espero que sim. Tenho que desligar agora, querida. Nos vemos em breve.
N: Ok, beijos.
Desliguei a ligação e eu nem sei porque, mas eu fiquei tão feliz com a notícia, mesmo sabendo que eu não o veria tão cedo, fiquei feliz por ele sair do hospital.
Minha mãe me chamou para almoçar e eu contei a novidade enquanto comíamos, ela ficou tão feliz quanto eu. Passei o resto do dia em casa sem fazer nada, como sempre.
Os dias estavam passando tão devagar e eu não estava indo ao colégio, faltavam alguns dias para as férias chegarem então decidi adiantá-las. Finalmente a Quinta-feira chegou, eu estava tão empolgada mas ao mesmo tempo estava tentando esconder minha animação, queria tanto vê-lo mas eu não iria procurá-lo. Já estava no final da tarde e eu estava tensa, queria que Pattie me ligasse pra me avisar qualquer coisa mas nenhum sinal dela. Fui para o meu quarto, liguei o computador e entrei nas redes sociais, coisa que eu não fazia a muito tempo mesmo. Ouvi minha mãe gritar meu nome e eu fui ver o que ela queria, desci as escadas correndo e parei quando vi minha mãe na porta e Justin do lado de fora olhando para o chão. Ele foi levantando o rosto devagar e me olhou de cima a baixo, acho que foi porque eu estava vestida com um short curto e um top.
J: Oi.
Fiquei em silêncio e tentei disfarçar a felicidade que surgiu quando eu o vi parado na porta da minha casa.






E aí, o que estão achando amoresssss? *o* Obrigada por tudo lindonas, já disse que amo os comentários de vocês? hihi *-* COMENTEM MUITOOOO, TÁ??? '-''
Beijos, Raissa ♥

7 comentários:

  1. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa o justin!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! continua

    ResponderExcluir
  2. coontinuaa looogoooooo!! q perfeitaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Meeeeelhor de todos , não para não por favor u.u

    ResponderExcluir
  4. continua please, to muito anciosa ((:

    ResponderExcluir
  5. continua logoooooo amr!! não to aguentando de ansiedadeeeeee!!!!!

    ResponderExcluir
  6. amei amei amei, continua amore!!! :)

    ResponderExcluir